domingo, 31 de janeiro de 2016

Oficializado os horários dos Grandes Prêmios da Temporada 2016 da Fórmula 1.




        Todas as 21 etapas do Campeonato Mundial de Fórmula 1 em 2016 já tem seus horários definidos pela FIA.

Segue abaixo o calendário completo e os respectivos horários aqui no Brasil.

01ª. - 20 de março - GP da Austrália (Melbourne), às 2h
02ª. - 03 de abril - GP da China (Xangai), às 12h
03ª. - 17 de abril - GP do Bahrein (Sakhir), às 3h
04ª. - 1 de maio - GP da Rússia (Sochi), às 9h
05ª. - 15 de maio - GP da Espanha (Barcelona), às 9h
06ª. - 29 de maio - GP de Mônaco (Circuito de rua) às 9h
07ª. - 12 de junho - GP do Canadá (Montreal) às 15h
08ª. - 19 de junho - GP da Europa - Azerbaijão (Circuito de rua), às 10h
09ª. - 3 de julho - GP da Áustria (Zeltweg), às 9h
10ª. - 10 de julho - GP da Inglaterra (Silverstone), às 9h
11ª. - 24 de julho - GP da Hungria (Budapeste), às 9h
12ª. - 31 de julho - GP da Alemanha (Hockenheim), às 9h
13ª. - 28 de agosto - GP da Bélgica (Spa-Francochamps), às 9h
14ª. - 4 de setembro - GP da Itália (Monza), às 9h
15ª. - 18 de setembro - GP de Cingapura (Circuito de rua), às 9h
16ª. - 02 de outubro - GP da Malásia (Sepang), às 4h
17ª. - 9 de outubro - GP do Japão (Suzuka), às 2h
18ª. - 23 de outubro - GP dos Estados Unidos (Austin), às 17h
19ª. - 30 de outubro - GP do México (Hermanos Rodriguez), às 17h
20ª. - 13 de novembro - GP do Brasil (Interlagos), às 14h
21ª. - 27 de novembro - GP de Abu Dhabi (Yas Marina), às 11h

Fonte:
http://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Frases do Paddock Soltas ao Vento... 65



“Vencer na Austrália seria fantástico, mas o objetivo é o título ao fim da temporada”.  
“Uma vez que este ano serão 21 corridas, se alguém me perguntasse se eu prefiro vencer de cara (Melbourne), ou ser campeão, eu diria que não há comparação.”

“Todos queremos isso e sabemos que a distância para a Mercedes só diminuiu ao fim do campeonato”. 
“Algumas coisas mudaram e veremos como estaremos após os testes de pré-temporada, mas não é hora de ficar falando”.

“Iremos para vencer em Melbourne, ou, pelo menos, para ganhar o máximo de pontos possíveis”.


Sebastian Vettel, piloto da Ferrari, confiante que lutará pelo título da temporada de 2016.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

A Nova Manor...

Manor muda para ser mais Manor...

         A equipe Manor deixou para trás qualquer resquício da Marussia, assim, a Manor Marrusia F1 Team, é agora, uma vaga lembrança. A Manor que através de Stephen Fitzpatrick assumiu os restos da equipe russa em 2015, mas foi obrigada a manter a Marrusia na alcunha do time por conta da premiação em dinheiro da FIA. A equipe tinha direito ao prêmio pelo nono lugar alcançado no Mundial de Construtores de 2014, após os dois pontos conquistados por Jules Bianchi no GP de Mônaco, que foram essenciais para a manutenção do time na temporada passada.

       Agora nomeada de Manor Racing Team, pretende trilhar um longo caminho na Fórmula 1, a equipe tem um novo logo conforme a imagem. As mudanças começaram ainda no ano passado com a saída dos diretores John Booth e Graeme Lowndon, além de Bob bell. Entretanto, chegaram Dave Ryan ex- McLaren como diretor-esportivo e Nikolas Tombazis, ex-Ferrari, como novo chefe de aerodinâmica.  O time ainda deve contar com os potentes motores da Mercedes-Benz a partir dessa temporada. Contudo, já teve o seu novíssimo chassi aprovado com êxito no crash-test obrigatório imposto pela FIA.

        O seu primeiro modelo será chamado de MRT1, e deverá ser apresentado no dia 22 de fevereiro, com todas as novidades da equipe, quando também começam os testes de pré-temporada em Barcelona. Todavia, a Manor ainda não confirmou quem serão seus pilotos em 2016...

Fontes:
http://grandepremio.uol.com.br/f1
http://f1team.leiaja.com/?s=manor
http://br.motorsport.com/

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Frases do Paddock Soltas ao Vento... 64



"Essencialmente é uma evolução do desenho do FW37. Vocês vão ver alguns desenvolvimentos bem interessantes ao redor da asa frontal e por baixo do chassi. Há alguns desenvolvimentos interessantes também na parte de trás do carro que vocês também verão".

"O pessoal no túnel de vento em particular tem feito um trabalho incrível, estamos realmente contentes. Estamos encontrando novas metodologias, novas formas de desenvolver o carro e todas estão se mostrando muito frutíferas. O carro é uma evolução, mas definitivamente, ao menos nos meus anos de F1 com regulamentações tão estáveis, é uma das maiores evoluções que eu vi".


Rob Smedley, diretor de desempenho da Williams, demonstrando otimismo com o FW38 carro da equipe para a temporada de 2016 da Fórmula 1.

domingo, 17 de janeiro de 2016

Mudanças, chegadas e despedidas.




         Enquanto aguardamos os lançamentos dos novos carros da Fórmula 1 para temporada 2016, as equipes vão se movimentando. Na Sauber houve a saída do chefe da engenharia de pista, Giampaolo Dall'Ara. Giampaolo deixa a equipe de Hinwil depois de 15 anos, contando com o período que a BMW assumiu o controle do time, todavia, já acertou sua ida para o DTM. Mas Sauber já preencheu a vaga, anunciou Timothy Malyon como o novo chefe de engenharia de pista. Malyon trabalhava na Red Bull como engenheiro de corrida.


        A McLaren anunciou mudanças no seu quadro. Jonathan Neale deixa o cargo de diretor-executivo da equipe, sendo promovido para o cargo de chefe de operações do Grupo McLaren. Para seu lugar Ron Denis contratou um novo diretor-executivo. Trata-se de Jost Capito que era chefe da tricampeã Volkswagen no WRC.


        Já a Lotus-Renault, Renault-Lotus ou simplesmente Renault continua seu processo de reformulação. Cyril Abiteboul e Thierry Cognet vão assumir posições na diretoria da equipe francesa em seu retorno à categoria. Ambos são velhos conhecidos e de confiança da Renault. Cyril se notabilizou na Fórmula 1 como diretor da Renault no período em que os franceses forneciam apenas os motores, mas teve uma breve passagem pela Caterham. E Thierry era responsável por comandar as operações financeiras de todo o programa esportivo da marca. Já Frederic Vasseur, egresso da Art Gran Prix, será o novo diretor de corridas.

Fonte:
http://f1team.leiaja.com/
http://grandepremio.uol.com.br/f1/     

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Frases do Paddock Soltas ao Vento... 63





"Não podemos ter mais um ano como esse".


Eric Boullier, diretor de corridas da McLaren, confiante no ressurgimento do time nesse ano.