domingo, 26 de fevereiro de 2017

Vídeo: Toro Rosso Renault STR12


E finalmente o último carro lançado antes dos testes de pré-temporada que começam amanhã em Barcelona. A Toro Rosso lançou o belo STR12, com uma pintura totalmente nova, um azul metálico com detalhes em prata e vermelho, inspirado no layout da latinha de refrigerante cola da Red Bull, e diga-se de passagem, ficou muito bonito. O que vai ajudar aos narradores e comentaristas a diferenciar os carros de Toro Rosso e Red Bull durante a transmissão das corridas.



O STR12 é mais um projeto do competente James Key, o modelo é elegante e harmonioso, pois não tem o bico mamilo, por enquanto. O bico, aliás, é muito parecido com o do carro da Mercedes-Benz. Entretanto, a barbatana está lá. Para essa temporada a Toro Rosso volta a ser empurrada pelos motores Renault.



Só não está claro se a Toro Rosso manterá o nome do motor Renault ou irá batizá-lo com o nome de algum parceiro ou patrocinador como fez a equipe matriz, visto que, não menção da Renault na carenagem do bólido. Fica claro que o acordo com a ExxonMobil com a Red Bull também engloba a equipe de Faenza. Carlos Sainz e Daniil Kvyat tem tudo para fazer um bom campeonato.









































Fontes:
http://www.auto-motor-und-sport.de/formel-1/news/
http://grandepremio.uol.com.br/f1
https://br.motorsport.com/

Vídeo: Haas Ferrari VF17


A estadunidense Haas parte para a segunda temporada na Fórmula 1. Em 2016 eles chegaram e convenceram logo de cara, marcando pontos regularmente com Romain Grosjean. Ao fim do campeonato superaram Renault, Sauber e Manor.



 Agora para o segundo ano, a pressão é maior por resultados. A equipe de Gene Haas mantém a parceria técnica com a Ferrari e com a Dallara que foi fundamental para equipe no seu bom ano de estreia. O VF17 foi apresentado com um novo esquema de cores, o branco foi abolido, e a cor predominante agora é a cor cinza escuro com detalhes em vermelho e preto. Quanto ao desenho do carro, sim, eles também adotaram o bico mamilo e a barbatana de tubarão.



Romain Grosjean continua como piloto referência e o time tem o reforço de Kevin Magnussen, que indica uma dupla mais forte e que a Haas deve frequentar mais ainda a zona de pontos.


















Fontes:
http://www.auto-motor-und-sport.de/formel-1/news/
http://grandepremio.uol.com.br/f1
https://br.motorsport.com/